Últimos Vídeos
Lifestyle, Outros, Seriados  |  24 jan 2018

Os seriados da minha vida

Oi gente! Tudo bem com vocês?

Achei que eu não fosse conseguir postar hoje mas cá estou tentando firme e forte postar todos os dias dessa semana! Não prometo que em todas será assim mas pelo menos nessa, eu quero <3. Acontece que ontem eu tomei vacina contra a febre amarela e confesso que a valentona aqui achou que não fosse ter reação nenhuma, porque eu sou muito forte, juro. Mas não teve jeito! Hoje passei o dia me arrastando, com uma sensação de “dengue leve” (Quem já teve sabe do que estou falando, rs).

Bom… comecei a melhorar agora a noite e espero amanhã estar zerada pois tenho mil coisas pra fazer (Graças a Deus!). Aliás, estou com 16 comentários pendentes por aqui e até amanhã vou responder todos, ok?

Mas vamos ao post de hoje!

Resolvi mostrar pra vocês quais são as minhas séries preferidas da v-i-d-a! Espero não ter esquecido de nenhuma, rs, afinal, eu sou aloka das séries. Acho que assistir seriados é uma das coisas que eu mais gosto de fazer! Então, nada mais justo do que compartilhar com vocês aquelas que balançaram o meu coração e algumas até, me fizeram ter repeteco.

Começando por Once Upon a Time, confiram a sinopse e em seguida, o trailer: Na cidade fictícia de Storybrooke, no Maine, Regina (Lana Parrilla) é uma rainha má que rouba memórias graças à maldição obtida por meio de Rumplestiltskin (Robert Carlyle). Suas vítimas viveram, portanto, uma realidade imutável durante 28 anos, sem ter qualquer noção de sua idade. Todas as esperanças estão depositadas em Emma Swan (Jennifer Morrison), filha da Branca de Neve (Ginnifer Goddwin) e do Príncipe Encantado (Josh Dallas). Ela é a única pessoa com a capacidade de quebrar a maldição e recuperar as lembranças perdidas, pois foi transportada do mundo de conto de fadas antes de ser atingida pelo feitiço.

O que eu mais gosto nesse seriado: A produção maravilhosa, sem dúvidas! Além disso, apesar de falar sobre contos de fadas, ele não é nada infanto-juvenil. É um seriado gostoso e leve, que cativa super a atenção assim como todos que eu vou citar aqui.

Sinopse de The Sinner: A investigação acerca de um crime precisa acabar quando se sabe qual foi o crime e quem foi o criminoso? Quando uma jovem mãe de família comete um crime nefasto em público e se vê incapaz de explicar o motivo que a levou áquele estado de fúria súbito, um investigador se torna cada vez mais obcecado em entender as profundezas da psique da mulher, desenterrando os momentos de violência que ela tenta manter no passado, longe dos olhos do mundo.

O que eu mais gosto nesse seriado: Ele só tem uma temporada então o bacana é que tudo é desvendado muito rápido. É o tipo de série que você não consegue parar de assistir, você emenda um capítulo no outro. Envolve suspense e ação com a maravilhosa e musa Jessica Biel. O meu segundo preferido dentre esses quatro!

Sinopse de Orphan Black: Depois de presenciar o suicídio de uma mulher (que é exatamente como ela) em uma estação de trem, Sarah Manning (Tatiana Maslany) faz o que qualquer um faria: assume a identidade da suicida para tentar resolver os próprios problemas financeiros. Mas logo ela descobre que está no centro de um mistério que vai mudar sua vida, quando se vê cara a cara com mais três mulheres idênticas a ela. Todas são clones, e precisam salvar as próprias peles enquanto tentam descobrir quem são os responsáveis pelos experimentos genéticos.

O que eu mais gosto nesse seriado: Aiaiai, como eu AMO Orphan Black. Uma mistura de ficção-científica com suspense hipnotizante! A Tatiana Maslany se mostrou uma atriz excepcional: É incrível como ela consegue fazer tantos personagens completamente diferentes de maneiras tão diferentes quanto.

Sinopse de Gossip Girl: Após passar um ano estudando fora por motivos misteriosos, Serena van der Woodsen (Blake Lively) está de volta em Nova York. Seu retorno agita o Upper East side, onde vivem os jovens mais privilegiados da cidade, como a sua melhor amiga, Blair Waldorf (Leighton Meester), o namorado de Blair, Nate Archibald (Chace Crawford), e ainda Chuck Bass (Ed Westwick). Enquanto lida com os problemas com a mãe, Lily van der Woodsen (Kelly Rutherford), e o irmão, Eric (Connor Paolo), Serena irá começar um relacionamento com Dan Humphrey (Penn Badgley), um garoto de um mundo completamente diferente.

O que eu mais gosto nesse seriado: Esse é o meu seriado número 1! Preferido da vida! Já assisti duas vezes todas as 6 temporadas e agora estou assistindo novamente com o Edu. Apesar de parecer um tanto quanto adolescente, acreditem: Não é! É impossível não se apaixonar pelos personagens, e em especial, pelo Chuck Bass. Confiem em mim!

Todos esses seriados que eu comentei dá pra assistir com o namorado ou com o maridão, eles não são tanto do “universo feminino”, sabem? Além disso, todos estão disponíveis no Netflix.

Agora aguardo nos comentários as dicas de vocês! Estou precisando de uma nova série viciante.

Um beijo, fiquem com Deus e até o próximo post!

22 Comentários
Leia Mais
Filmes, Lifestyle, Seriados  |  19 out 2017

2 filmes incríveis + Série do momento

Oi gente! Tudo bem com vocês?

Confesso que faz tempo que não consigo ir aos cinemas! Na minha última ida rapidinha para o Brasil, até dei uma escapulida e fui com a Ray @rayzanicacio mas fazia muitos meses que eu não ia!

Nesse dia, assistimos um filme incrível chamado A Torre Negra, que vim hoje indicar pra vocês. Confiram a sinopse:

“Um pistoleiro chamado Roland Deschain (Idris Elba) percorre o mundo em busca da famosa Torre Negra, prédio mágico que está prestes a desaparecer. Essa busca envolve uma intensa perseguição ao poderoso Homem de Preto (Matthew McConaughey), passagens entre tempos diferentes, encontros intensos e confusões entre o real e o imaginário. Baseado na obra literária homônima de Stephen King.”

Confesso que não fui assistir muito animada, mas como a Ray tinha visto o trailer e que parecia ser legal, topei na hora. Me surpreendi! Um filmão desses, bixo!

O filme é como uma batalha espiritual entre o bem e o mal, tipo Deus x diabo. O menino principal (Que eu esqueci o nome, sorry) é o portador da possibilidade de salvar o planeta e juntos, ele e o pistoleiro encaram a missão de acabar com o homem de preto e ganhar essa batalha. O filme tem bastante ação, emoção, um enredo intrigante e que prende bastante a atenção. Além disso, o filme foi inspirado na obra O Pistoleiro, de Stephen King.

Não sei se o filme ainda está em cartaz, mas dêem uma olhadinha na cidade de vocês ou assistam online pois realmente vale a pena!

Outro filme ma-ra-vi-lho-so que eu assisti, dessa vez dentro do avião, vindo ou voltando pra/da Holanda, foi o The Circle – O Círculo, com a eterna Hermione, Emma Watson. Esse filme não é lançamento MAS vale demais, demais, demais assistir. Principalmente pra quem é bem viciado em redes sociais.

Novamente comecei assistindo sem muita expectativa. Pelo trailer, o filme parecia ser meio parado. Mas na verdade, poucas vezes assisti um filme que retratasse tanto a minha realidade e a de tantas pessoas. Confiram a sinopse:

“The Circle é uma das empresas mais poderosas do planeta. Atuando no ramo da Internet, é responsável por conectar os e-mails dos usuários com suas atividades diárias, suas compras e outros detalhes de suas vidas privadas. Ao ser contratada, Mae Holland (Emma Watson) fica muito empolgada com possibilidade de estar perto das pessoas mais poderosas do mundo, mas logo ela percebe que seu papel lá dentro é muito diferente do que imaginava.”

Basicamente, o filme retrata como expomos a nossa vida pessoal em excesso na Internet, o que isso pode trazer, o quanto pode ser prejudicial e o quanto nos tornamos escravos disso. Eu particularmente, acho que a exposição pode ajudar e incentivar outras pessoas e até a nós mesmos que nos expomos, desde que, isso seja feita de maneira consciente e controlada. Claro que o nível de “controle” varia de pessoa pra pessoa, mas o filme me trouxe uma ótima reflexão e junto com ideias que eu já tinha, me fez repensar ainda mais a quantidade de horas que eu gasto online e algumas coisas que eu poderia me privar um pouco mais.

Sigo trabalhando e recomendo que vocês também.

Mudando um pouquinho só de assunto…

Eu sou aloka das séries. Uma das coisas que mais gosto de fazer na vida é assistir seriados, especialmente junto com o Edu. Claro que tem alguns que só eu gosto e outros que só ele gosta (Aqueles de menino, chatos, hahaha). Mas, a gente sempre escolhe alguns que gostamos os dois para assistir em casa praticamente toda noite.

A própria Netflix tem desenvolvido seriados incríveis! Um deles é o The Affair. Terminamos a segunda temporada ontem e estamos ansiosos pela terceira! É sobre ele e outras séries que estamos começando que vamos falar em um dos próximos posts. Fiquem ligadinhas! (Correção: Essa série não é original Netflix! Me confundi! Obrigada por me alertarem nos comentários).

Um beijo e até logo.

8 Comentários
Leia Mais