Últimos Vídeos
Animais, Cultura, Lifestyle, Outros, Um Papo Diferente  |  22 jan 2018

Sobre cuidar e respeitar os animais

Oi gente! Tudo bem com vocês?

Animadas para mais uma semaninha? Essa semana vou TENTAR trazer posts aqui todos os dias. Vamos ver se eu consigo! Parece que eu estou meio enferrujada para escrever, sabem? Nem parece aquela garota que escrevia páginas, páginas e mais páginas e a criatividade só fluía… E aproveitando o assunto, queria convidar vocês a se inscreverem no meu Canal do YouTube pois o conteúdo de lá será completamente diferente do daqui. Foi uma forma que eu encontrei de “fazer” vocês acessarem as duas plataformas, ou seja: Aqui dificilmente vocês verão vídeos e lá dificilmente vocês verão as coisas que eu divido no blog.

Nessa Segunda eu queria conversar um pouquinho sobre a forma como tratamos os animais. Vocês me conhecem, sabem que eu sou louca e apaixonada por eles, em especial, pelos cachorros. MAS, nem todo mundo tem esse amor e tudo bem, desde que você os respeite e os trate bem, como todo ser vivo merece ser tratado.

Resolvi fazer esse post depois de ver um caso terrível que aconteceu aqui em Campinas, através da ONG Anjos de Rua, que resgatou o pobrezinho Angelo. O Angelo foi terrivelmente espancado, sem dó, nem piedade. Está sofrendo muito e lutando pra sobreviver e aí eu me pergunto: Onde esse mundo vai parar? O que leva alguém a maltratar um animal desse jeito?

ATENÇÃO: IMAGENS FORTES!

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

Desculpem as imagens fortes… mas ás vezes um choque de realidade nos ajuda a entender a importância do assunto. Na segunda foto ele já havia sido resgatado e está recebendo o tratamento necessário.

Me lembro de outro episódio, onde vi duas adolescentes em um vídeo pisoteando a cabeça de cachorrinhos filhotes até a morte… ou daquele caso da enfermeira que espancou seu Yorkshire até a morte também, pelo simples fato de ele “não estar obedecendo” seja lá o que ela mandava aquele coitadinho fazer… triste, muito triste.

O mais triste é saber que são essas pessoas que cruzamos todos os dias na rua. Que alguém que passa do seu lado, ás vezes até conversa com você, pode até trabalhar com você… é capaz de fazer algo assim.

Não quero fazer aqui posts longos, mas quero deixar uma breve conscientização sobre isso e sobre o amor e o respeito. Vocês que pensam como eu, espalhem essa mensagem ao mundo. Conversem sobre com as pessoas. Ensinem as crianças do convívio de vocês a amarem e respeitarem os nossos bichinhos.

Se você ver um bichinho doente na rua, resgate-o e divulgue uma vaquinha nas suas redes sociais para ajudar nas despesas. Se você ver algum com fome e não puder pegar, dê alimento. Se você não puder fazer nada disso, doe uma pequena quantia para uma ONG de sua confiança.

Vamos tentar dia a dia, mudar um tiquinho que seja o nosso mundo. Uma pequena atitude já faz diferença, acredite.

E sobre o Angelo, ele segue lutando pela vida e os custos são bem altos. Quem puder contribuir com algum valor, eu acompanho o trabalho dessa ONG e sei que é sério. Aqui você encontra uma vaquinha para ajudar a Anjos de Rua a continuarem o maravilhoso trabalho que eles fazem.

Um beijo e que possamos começar essa semana alegrando o coração de Deus e fazendo a diferença nesse mundo.

Deixe um Comentário
15 Comentários
  1. Marindia Almeida
    22 de Janeiro de 2018 11:31

    Mto triste…tenho dois que foram adotados da rua…um deles apanhou e perdeu a visão de um olho, paguei cirurgia e ele graças a Deus se recuperou mto bem!!
    Só que tudo que faz de ruim para um animal que é indefeso, eu acredito que volte p/ pessoa!
    Bjs Beca

  2. barbara
    22 de Janeiro de 2018 11:42

    Demais esse post… Precisamos cuidar mais dos nossos bichinhos

  3. Sara
    22 de Janeiro de 2018 13:09

    Adorei o tema bequinha, super concordo. E não só os cachorrinhos né, gatinhos, vaquinhas, porquinhos…todos são animais e merecem respeito. Você já pensou em virar vegetariana beca? Sempre tive curiosidade.
    Beijos e parabens pela iniciativa.

    • 24 de Janeiro de 2018 13:24

      já pensei sim, sara… mas não tenho força de vontade o suficiente. beijos pra vc tbm!

  4. Bethina Vieira
    22 de Janeiro de 2018 13:43

    Com cavalos a crueldade também é grande.Vi uma situação que me deixou mal, o cavalo simplismente desabou no meio da rua.E o carroceiro o que fez ?O levantou, e queria seguir ,sorte a população não deixou e tirou o cavalo dele.Muito importante você expõe isso aqui é seu cuidado com o ursinho.Quando possível faz um vídeo com ele falando as palavras que ele entende,acho isso o máximo.Beijos

  5. Cíntia
    22 de Janeiro de 2018 14:20

    A pureza no olhar desses bichinhos, me desmonta! Sou apaixonada por animais, desde criança, e para mim é difícil aceitar que existam pessoas capazes de fazer isso. Cabe a nós orar por eles( os animais e agressores) porque a justiça é de Deus. Ajudar é o mínimo que se deve fazer. Lindo post, Beca.

  6. 22 de Janeiro de 2018 18:38

    Nossa!!! Muito triste, como as pessoas têm coragem, né? Eu tenho uma cadela que é nosso amor, dorme com a gente na cama, tem um cobertor igual o nosso.. hahahahah… também não acho tão certo “humanizar” os animais, mas as vezes a gente não resiste a tanta fofura, não é mesmo?! Amandooo o blog na atividade.. já está na minha barra de favoritos. Beijão!!!

  7. Tami
    22 de Janeiro de 2018 21:52

    Nossa, Beca, parabéns pelo texto, ele é muito importante! Eu moro em uma cidade onde a população de bichos de rua é GIGANTE, sério, em cada quadra você vê uns 10 cachorros abandonados/de rua, meu coração fica pequenininho pq nem que eu pudesse conseguiria ajudar todos, e isso é triste demais. Já vi vários quase sendo atropelados e as pessoas não fazem nada, ninguém ajuda… Outro dia entrou um gatinho na minha casa, e com muita dó no coração tive que colocar ele pra fora com medo dos meus cachorros que são grandes matarem ele. Daí coloquei na frente da casa um pouco de comida pra ele e as pessoas que moram comigo só faltaram me CRUXIFICAR. quer dizer, quando a gente ajuda ainda somos criticados. Pq tanta indiferença com os bichinhos, sabe? Oro todos os dias a Deus pra que proteja eles e que nao me deixe ver nenhuma maldade na rua, pq realmente acaba meu dia.

  8. Yasminn
    23 de Janeiro de 2018 11:27

    Nossa, meu coração encolheu instantaneamente… que triste, que horror!!! Quando as pessoas vão entender que bichinhos são seres, sentem, sofrem, se alegram? Eles só precisam de amor e comida, só isso.

  9. Isadora Mantovani
    24 de Janeiro de 2018 08:37

    Sabe Becca, tenho medo do mundo q iremos deixar para os nossos filhos! As pessoas estão cada vez mais cruéis e sem compaixão! Acredito q quem maltratada um animal boa pessoa não é, não precisa gostar/ amar, mas como vc disse o importante é respeitar! Não podemos também nos calar diante a tanta maldade, se vc ver alguém espancando, maltratando algum animal denuncie!!! Sei q não adianta muita coisa, pq esse tipo de crime fica impune, mas essas pessoas precisam saber q estamos de olho!!

  10. Aline
    24 de Janeiro de 2018 11:58

    A crueldade humana realmente é algo inacreditável. Sou louca apaixonada por cachorros também, Beca… achei super bacana essa sua atitude de tentar conscientizar as pessoas mais sobre o assunto. Já salvei dois que estavam na rua machucados, mas se pudesse pegaria tooooodos. Nossos animais precisam de mais amor. Um grande beijo <3